depreciacao

Depreciação de veículos: o que é, como evitar ou ainda lucrar com isso

O termo ‘depreciação’ soa familiar para você? Provavelmente sim. Essa palavra está sempre em voga quando o assunto é compra e venda de carros. Quem está pensando em vender ou comprar um carro, deve prestar bem atenção no conceito trazido por essa palavra e como isso afeta o seu bolso. Para ajuda você a entender de vez o que é depreciação e a fazer com que isso pese menos no seu bolso, criamos este artigo. Vamos lá?

A depreciação

Qualquer bem durável sofre depreciação ao longo do tempo. Isso dá-se pela sua desatualização e frequência de uso, que incorre em desgaste natural. No caso dos carros, isso é ainda mais forte, pois além de ser um mercado em constante atualização, o uso do bem e tudo a que ele é exposto influenciam na sua depreciação. O que acaba tornando a depreciação tão vilã dos automóveis, é que sempre quem compra um carro, já deve pensar na sua venda como um fenômeno natural, pois algum dia, por algum motivo, precisará trocar de carro. Com isso em mente, é melhor reduzir ao máximo a depreciação.

Não tem como evitar a depreciação do seu carro – seja o que você já tem e quer vender ou o qual está pensando em comprar. O que é possível, é fazer com que o percentual de depreciação não seja tão agressivo com o passar do tempo e para isso, alguns itens devem ser considerados.

Observando e evitando a depreciação

depreciacao carro

Primeiro, vamos falar sobre como prever e reduzir a depreciação na hora da compra, pois isso será necessário para quando o bem for vendido. Há alguns itens que você deve prestar atenção antes de comprar um carro. Vamos listá-los para que fiquem bem evidentes e para que você nunca se esqueça:

  • Cor do carro;
  • Se o modelo está ativo ou sob ameaça de descontinuidade;
  • Modelo e marca de fácil revenda;
  • Tipo de combustível utilizado;
  • Se envolveu-se em algum acidente;
  • Se possui modificações fora das especificações (rebaixado; aros modificados);

Essa lista pode ajudar você a observar esses itens na hora da compra. Até mesmo a cor do carro pode influenciar na sua depreciação. Carro com cores muito intensas, como azul-brilhante, verde-limão ou amarelo, podem reduzir o valor da revenda consideravelmente. Recentemente, o Renault Clio deixou de ser produzido e isso também influencia na depreciação do veículo.

Um carro batido ou com registro em leilão, pode ser severamente depreciado, fazendo seu valor de compra ou revenda despencar. Se você não checar essas informações antes de comprar, elas podem vir à tona na hora da revenda, prejudicando o seu negócio.

O ‘lado bom’ da depreciação

depreciacao carro

O mais interessante, é que você pode tirar vantagem da depreciação em alguns momentos. Se o veículo que você escolheu tiver alguns dos itens listados, por exemplo, isso dá a você poder de barganha para reduzir o valor do bem. Isso é positivo, mas você deve estar atento e alerta quanto às consequências de adquirir o bem mesmo assim. O importante é pensar no seu uso para o bem e a sua necessidade ou vontade de revendê-lo no futuro. Por isso, é importante estar sempre a par dos prós e contras.

101 Veículos: garantindo o melhor negócio para você!

Confira os veículos disponíveis na 101 e tenha a certeza de um bom negócio. Todos os nossos carros possuem garantia de procedência e não trarão surpresas desagradáveis para você! Acesse o nosso site e conheça seu caro novo esperando você lá!