101-veiculos-consorcio-ou-financiamento

Consórcio ou financiamento? Compare e entenda qual sua melhor opção

Quando o assunto é a compra de automóvel, consórcio e financiamento são as formas mais buscadas por compradores. Esta última corresponde a 80% da escolha de quem busca adquirir um veículo. Todavia, essas duas opções apresentam grandes diferenças e é necessário conhecê-las para decidir qual é alternativa mais interessante. Afinal, consórcio ou financiamento, qual a alternativa mais vantajosa?

Preparamos este artigo a fim de contribuir com a sua decisão sobre o assunto e ter uma aquisição de automóvel mais tranquila. Confira!

Consórcio de veículos

O consórcio funciona como um grande financiamento de grupo, cujos integrantes realizam contribuições mensais, por meio de parcelas, por um período previamente determinado. A cada 30 dias, uma ou mais pessoas do grupo são contempladas. As contribuições ao grupo continuarão a ser realizadas até que todos recebam a carta de crédito que será usada para a aquisição do veículo.

Existem duas formas de ser contemplado na modalidade do consórcio. A primeira é por meio da apresentação do maior lance para a aquisição do bem. O outro é por meio de um sorteio realizado de forma mensal.

Quem opta por dar um lance, está, na prática, antecipando as prestações do consórcio. Dessa forma, vence a disputa quem puder antecipar o maior número de parcelas possíveis. Por exemplo, se você estiver disposto a quitar 70% do valor do veículo e ninguém apresentar uma proposta melhor, então você será contemplado com a carta de crédito.

Vale destacar que a quantia paga nas parcelas passa por um reajuste anual, levando em consideração índices do governo. Por isso, é necessário certificar qual foi o índice de preço estabelecido no contrato do consórcio.

Financiamento de veículo

O financiamento é a modalidade mais escolhida por quem deseja comprar um automóvel. Cerca de 80% do público escolhe essa modalidade. O principal motivo que leva a essa escolha é a praticidade, pois após a aprovação do financiamento, o cliente recebe já pode pegar o carro.

Como na aquisição de qualquer produto, o imediatismo na hora de obter o bem cobra seu preço na forma de juros. Em geral, quanto maior a quantidade de parcelas e menor a entrada, maior o valor dos juros e, consequentemente, maior o valor pago ao final do financiamento.

Esta modalidade é ofertada por instituições financeiras, principalmente bancos. Eles analisam uma série de informações do cliente e verificam se há a possibilidade de executar o financiamento de forma segura para a instituição.

O veículo é a garantia de que a instituição financeira não sairá perdendo todo o valor investido na situação, caso o cliente se torne inadimplente. Desse modo, se o cliente deixa de pagar as parcelas, a instituição financeira recorre à justiça para reaver o automóvel. E não há ressarcimento das parcelas pagas, o que consiste em prejuízo para quem se torna inadimplente nessa modalidade.

Os juros, valor da parcela e quantidade de parcelas variam de acordo com a instituição, valor do automóvel a ser adquirido, entrada e diversos outros fatores.

Consórcio ou financiamento

Apresentamos a você as propriedades de cada modalidade e cabe a você escolher o mais adequado para a sua realidade. Quer receber o automóvel de forma imediata? O financiamento é mais indicado. Tem problema em guardar dinheiro e não tem pressa para comprar um veículo? Então o consórcio é mais adequado.

Dessa forma, por tudo que foi falado, não há como afirmar qual modalidade, consórcio ou financiamento, é o melhor para você. O que ocorre é que ambas são distintas e apresentam características que se adequam melhor para cada situação.

Agora que você já sabe sobre como funciona o consórcio e financiamento, veja 5 motivos para comprar carros seminovos! E caso esteja precisando tirar dúvidas sobre financiamento e a sua situação de crédito, peça uma simulação de financiamento para falar com um de nossos consultores!