IPVA atrasado: o que fazer? Da pra parcelar? Descubra!

O seu IPVA está atrasado? Saiba quais são as consequências disso e o que fazer para resolver a situação e não ter mais problemas.

O IPVA é o imposto sobre a propriedade do veículo que se paga anualmente e possui suas variedades conforme o valor de aquisição do carro, bem como pela região do país. São os cofres públicos que arrecadam essa taxa que permite que o seu carro tenha licença para circular nas ruas.

É destino do IPVA arcar com despesas de construção, reparos, pavimentação das estradas. É tarefa do prefeito e governador decidir como investir esse dinheiro. Mas, o que acontece se o imposto não for pago?

Quais as consequências de está com o IPVA atrasado

Existem muitas dúvidas quanto o porquê pagar o imposto, bem como o que acontece se não for pago a cobrança. Os usuários de automóveis chegam a imaginar que as consequências pela falta de pagamento são irrelevantes e que não vão perder o seu bem por esse motivo.

Entretanto não é bem assim. Vejamos então o que pode acontecer.

Multa ao circular com o veículo

Até o ano passado, quem circulava com IPVA atrasado e fosse parado pela polícia, tinha o seu carro apreendido e levado ao pátio. O proprietário só conseguiria reaver o bem após a quitação de todos os débitos do veículo. Ou seja, se houvesse mais pendências como multas, tudo deveria ser quitado.

Hoje em dia, com a mudança no entendimento da legislação, não pode mais ocorrer a apreensão do bem. No entanto, quem for pego com o IPVA atrasado recebe uma multa e deve regularizar a situação.

Dívida com o Estado

A dívida ativa no Estado impede que o dono de automóvel participe de concursos públicos, realize financiamentos, bem como ele pode perder o bem conforme a execução fiscal.

Acúmulo de valores

Quanto mais o tempo de atraso se prolongar, mais o devedor deverá desembolsar para colocar a conta em dia. Sem contar que além de pagar o valor do imposto, você deverá pagar uma multa pelo atraso.

E as multas podem ser bem altas dependendo do estado e tudo pode se tornar mais burocrático e virar uma verdadeira bola de neve até conseguir regularização.

Para evitar chegar a esse ponto, vamos te mostrar o que fazer a seguir:

Como pagar o IPVA atrasado?

ipva atrasado como pagar parcelar ipva

Primeiro você deve acessar o site do órgão responsável pela arrecadação do valor do seu estado, registrar os dados do seu veículo e emitir nota de pagamento.

Existe uma guia que disponibiliza os valores já atualizados com juros e encargos pelo atraso. Você pode escolher como efetuar o pagamento, bem como a sua condição se parcelado ou à vista.

Dessa maneira, feito esses passos, você pode se dirigir aos postos disponíveis para receber a conta, como: agência bancária, casa lotérica ou o serviço de atendimento da Secretaria da Fazenda.

Como e em quantas vezes parcelar o IPVA?

Dependendo do estado de emplacamento, existem três formas de parcelar o imposto sobre automóveis:

  •         À vista e com desconto no mesmo mês da data de vencimento.
  •         À vista no mês após a data de vencimento.
  •         Parcelado em até três vezes conforme solicitado no mesmo mês da data de vencimento.

O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária ou casa lotérica, uma vez que se gerou a guia de pagamento. Muitos DETRANs oferecem a emissão online da guia.

Dicas para não cair em atraso do IPVA

Se planeje: ao adquirir um carro, saiba que com ele vem junto uma série de despesas, muito além do que gastos com combustível. Saiba que anualmente deve-se pagar a taxa do IPVA, bem como outras taxas. Dessa forma, organize o seu dinheiro e suas contas.

Fique atento às datas: as datas para pagamento do IPVA são divididas de acordo com o número final da placa do carro. Quem tem placa com o número final 3, por exemplo, deverá pagar a 1ª parcela em março e a última parcela, juntamente com o licenciamento, em maio.

Cuidado com golpes! Certifique-se de procurar os órgãos competentes do seu estado responsáveis pela arrecadação da conta. Não aceite boletos enviados por email, acesse sempre o site do DETRAN do seu estado.

O melhor é se organizar e pagar em dia

Portanto, conforme visto nesse artigo, atrasar o imposto sobre a propriedade e sobre o veículo pode implicar em várias consequências que se tornam verdadeiras bolas de neve, cheias de burocracia para lidar.

Não se trata apenas da apreensão do veículo, mas sim do cuidado com os seus bens e direitos.

Dessa maneira, organizar as suas finanças para que tenha o dinheiro disponível e não pagar o IPVA atrasado, na data certa, é a melhor saída.